...

Se choro? Sim bastante.
Dia e noite passam e personalidades se mudam. Se num instante sou “assim” noutro já sou bem diferente. Posso dizer que de dia sou uma pessoa completamente distinta. Riu, divirto-me até chego ao ponto de fazer coisas que nem me reconheço.
Exigem de mim percebes? Sou assim, tento amar a vida e agarrar as coisas boas que ela me dá. Mas será que vale a pena? Será que

vale o esforça?
Sinto-me como um pilar para ti, mas quem me segura a mim?! Eis a pergunta, para a qual não há resposta e dificilmente haverá, é dificil. E como se diz “eis a questão de todas as questões”.
Uii, chega a noite, o sol desaparece e a tristeza encontra-me. Choro sempre que posso, é tão bom e faz tão bem á alma que no fim parecemos uma pena a flutuar. A dor aparece, a saudade invade-nos e a nostalgia começa por ser sentida.
Quero-te aqui. Tenta, faz um simples esforço.
Talvez… dificil será.

Sem comentários:

Enviar um comentário